PROSTATAL

2878 | Laboratório HERBARIUM

Descrição

Princípio ativo: Serenoa repens,
Ação Terapêutica: Terapêutica prostática

Composição

Cada cápsula contém: Extrato lipídico esteroidal de Serenoa repens160 mg*. Excipientes (Óleo de semente de abóbora e acetato e dl-alfa-tocoferol) q.s.p. 1 cápsula. * Padronizado em 136-152 mg (85-95%) de ácidos graxos livres.

Apresentação

Embalagem com 1 ou 2 blísters.
Forma farmacêutica
Cápsula gelatinosa mole.
Via de administração
Oral.
Quantidade de unidades
Embalagem com 15 ou 30 cápsulas.
USO ADULTO

Indicações

Tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata e dos sintomas associados.

Dosagem

As cápsulas devem ser ingeridas inteiras e com uma quantidade suficiente de água para que possam ser deglutidas.
Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.
Conservar o produto em temperatura ambiente (15 a 30°C), em sua embalagem original, ao abrigo da luz e da umidade.
PROSTATAL é apresentado em cápsulas gelatinosas moles, de cor violeta, que possuem odor característico e praticamente não apresentam sabor.
Posologia
Ingerir 1 (uma) cápsula, 2 (duas) vezes ao dia, ou a critério médico.

Contra-indicações

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto.
Este medicamento é contraindicado para crianças abaixo de 12 anos de idade.
Não é indicado para casos avançados de HPB com severa retenção urinária. Não deverá ser utilizado sem primeiro afastar a possibilidade de câncer de próstata.
Os pacientes devem passar por uma criteriosa avaliação médica antes de utilizarem este medicamento, a fim de excluir a possibilidade de nefrite, infecções do trato urinário e outras desordens nefrourológicas.
Mulheres, principalmente grávidas ou em amamentação, não devem fazer uso deste fitoterápico.

Reações Adversas

Este medicamento pode causar náuseas, dor abdominal, distúrbios gástricos, constipação e diarreia. Em casos raros, hipertensão, diminuição da libido, impotência sexual, cefaleia e retenção urinária.

Precauções

O nível hormonal dos pacientes em tratamento com este medicamento merece atenção especial, face aos efeitos antiandrogênicos e antiestrogênicos relatados pela literatura.
O uso deste medicamento deve ser acompanhado de consulta regular e periódica ao médico.
De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este fitoterápico apresenta categoria de risco C. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco
Uso adulto. Este medicamento é contraindicado para crianças abaixo de 12 anos de idade. Não existem recomendações específicas para o uso de PROSTATAL em pacientes idosos e outros grupos de risco.

Resultados de eficácia

Uma metanálise de recentes experimentações controladas por placebo incluiu sete estudos clínicos. Todos os experimentos duraram sete meses e indicaram diminuição da frequência de noctúria (0,5 vezes por noite), além de aumento da velocidade do fluxo da urina de 1,5 ml/segundo, em relação ao grupo placebo (BOYLE et. al., 2000). Um estudo randomizado, duplo cego e controlado por placebo, com duração de seis meses, comparou um medicamento à base do extrato padronizado de Serenoa repens e outro, à base de finasterida. Neste estudo foram avaliados 951 pacientes com HPB, havendo melhora dos sintomas nos dois grupos (37% para o medicamento fitoterápico, contra 39% para o medicamento a base de finasterida) com semelhante melhora no fluxo do jato urinário (CARRARO et. al., 1996).
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BOYLE P., ROBERTSON C., LOWE F., et. al. Meta-analysis of clinical trials of Permixon® in the treatment of symptomatic benign prostatic hyperplasia. Urology. 2000. 55:33-9.
CARRARO J., RAYNAUD J., KOCH G., et. al. Comparison of phytotherapy (Permixon®) with finasteride in the treatment of benign prostate hyperplasia: a randomized international study of 1.098 patients. Prostate. 1996. 29(4): 231-40.

Interação com outros medicamentos

Hormônios utilizados na Terapia de Reposição Hormonal (TRH) podem exigir ajuste de dose em razão dos efeitos antiandrogênicos e antiestrogênicos deste fitoterápico. A revisão da literatura não revela evidências de interações medicamentosas graves com drogas convencionais. Um estudo in vitrodemonstrou a potencialização da inibição dos antagonistas do alfa-1-adrenoreceptor, porém a relevância clínica deste não foi confirmada.

Cuidado de armazenamento

Manter em temperatura ambiente (15 a 30°C). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
Lote, data de fabricação e validade: vide embalagem.

Superdose

Suspender a medicação imediatamente. Recomenda-se tratamento de suporte sintomático pelas medidas habituais de apoio e controle das funções vitais.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
MS 1.1860.0004

Medicamentos relacionados com PROSTATAL

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play