ESPASMO DIMETILIV

2478 | Laboratório EMS

Descrição

Princípio ativo: Dimeticona,Homatropina,
Ação Terapêutica: Antiespasmódicos

Composição

Cada mL (aproximadamente 35 gotas) contém: dimeticona 80 mg, metilbrometo de homatropina 2,5 mg, veículo * q.s.p. 1 mL. * goma xantana, ciclamato de sódio, metilparabeno, propilenoglicol, essência morango, carmelose + celulose microcristalina, corante vermelho 40, ácido cítrico, propilparabeno, óleo rícino, sacarina sódica, água purificada.

Apresentação

Emulsão oral (gotas) - Embalagem com frasco de 20 mL.
Uso Pediátrico
Uso Oral

Indicações

No alívio dos espasmos da musculatura lisa do trato gastrintestinal e flatulência.

Dosagem

Agite bem antes de usar
Crianças e lactentes: uma gota/kg de peso a cada 8 horas ou a critério médico.

Contra-indicações

Nos casos de temperatura elevada ou de febre, síndrome de down, glaucoma ou reação alérgica conhecida a qualquer um dos componentes da fórmula.

Reações Adversas

As reações adversas incluem retenção urinária, irritabilidade, constipação, diminuição da transpiração, da salivação e da secreção lacrimal, rubor da pele e midríase. A dimeticona é um agente fisiologicamente inerte, e não está associada com nenhuma toxicidade conhecida.
Taquicardia pode ocorrer com os antiespasmódicos do tipo da atropina.

Precauções

Em presença de temperatura ambiente elevada ou de febre, pode acontecer prostração térmica, devido à diminuição da transpiração.
Lactentes são particularmente sensíveis aos efeitos dos agentes anticolinérgicos podendo ocorrer dificuldade respiratória, falta de ar e colapso respiratório. o metilbrometo de homatropina é um derivado sintético da atropina, com atividade anticolinérgica que resulta em relaxamento da musculatura lisa do trato gastrintestinal, além da redução da transpiração das secreções lacrimal e salivar, podendo resultar em xerostomia.

Interação com outros medicamentos

Os efeitos da atropina e outros agentes anticolinérgicos podem ser intensificados pela administração concomitante de outros fármacos com propriedades anticolinérgicas, tais como amantadina, alguns antihistamínicos, butirofenonas, fenotiazinas e os antidepressivos tricíclicos.

Superdose

Em caso de superdosagem acidental, consultar o médico imediatamente.

Informação técnica

CARACTERÍSTICAS
Espasmo Dimetiliv é um antiespasmódico e antiflatulento, indicado no combate aos espasmos de musculatura lisa do trato gastrintestinal e flatulência. O metilbrometo de homatropina é um derivado sintético da atropina, de ação anticolinérgica, provoca relaxamento da musculatura lisa do trato gastrintestinal, aliviando cólicas, espasmos e bloqueando a hipersecreção.
O medicamento contém também dimeticona, uma substância antiflatulenta. A dimeticona é uma substância fisiologicamente inerte; age diminuindo a tensão superficial das bolhas de gases, reduzindo seu tamanho, tornando, assim, sua passagem através do trato gastrintestinal menos dolorosa.
Desta forma, Espasmo Dimetiliv atua sob os dois pontos principais produtores das cólicas e retenção de gases.
A dimeticona não atravessa a barreira intestinal e é excretada pelas fezes, na forma inalterada.
O metilbrometo de homatropina é absorvido de maneira irregular e só 10 a 25%, após dose oral. A sua passagem através da barreira hematoencefálica é baixa. Sofre biotransformação hepática, por hidrólise enzimática.

Farmacocinética

CARACTERÍSTICAS
Espasmo Dimetiliv é um antiespasmódico e antiflatulento, indicado no combate aos espasmos de musculatura lisa do trato gastrintestinal e flatulência. O metilbrometo de homatropina é um derivado sintético da atropina, de ação anticolinérgica, provoca relaxamento da musculatura lisa do trato gastrintestinal, aliviando cólicas, espasmos e bloqueando a hipersecreção.
O medicamento contém também dimeticona, uma substância antiflatulenta. A dimeticona é uma substância fisiologicamente inerte; age diminuindo a tensão superficial das bolhas de gases, reduzindo seu tamanho, tornando, assim, sua passagem através do trato gastrintestinal menos dolorosa.
Desta forma, Espasmo Dimetiliv atua sob os dois pontos principais produtores das cólicas e retenção de gases.
A dimeticona não atravessa a barreira intestinal e é excretada pelas fezes, na forma inalterada.
O metilbrometo de homatropina é absorvido de maneira irregular e só 10 a 25%, após dose oral. A sua passagem através da barreira hematoencefálica é baixa. Sofre biotransformação hepática, por hidrólise enzimática.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Reg. MS: n° 1.0235.0618

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play