Racecadotrila

 

Terapias de Ação

Antiadiarreico.
Publicidade

Propriedades

É um inibidor seletivo e reversível da encefalinase, que tem relação com as encefalinas endógenas ativas do tubo digestivo. É desprovido de efeito sobre a motilidade, o tono ou o peristaltismo intestinal, reduzindo a hipersecreção de água e eletrólitos. Não afeta a encefalinase do Sistema Nervoso Central, apenas a periférica. É absorvido rapidamente após sua administração por via oral, hidrolisando-se ao seu metabólito ativo, a N-(1-oxo-2-(mercaptometil)-3-fenilpropil) glicina. Os metabólitos inativos são eliminados pela urina, fezes e pulmões. O início de ação tarda 30 minutos, alcançando seu máximo entre 1 a 3 horas (dose de 100 mg); sua meia-vida é de 3 horas. O metabólito ativo liga-se a proteínas em cerca de 90%, sendo que apenas 1% da dose é distribuído aos tecidos. A ingestão junto com alimentos não afeta a área sob a curva (AUC), porém retarda o ínicio da ação.

Indicações

Síndromes diarreicas agudas.

Dosagem

Adultos: via oral, 100 mg cada 8 horas até que cesse a diarreia, não excedendo 7 dias de tratamento.

Reações Adversas

Sonolência, vômitos, náuseas, prisão de ventre, enjoo, cefaleia.

Precauções e Advertências

Em pacientes desidratados, administrar junto com um tratamento de reidratação oral ou parenteral. Apesar de não haverem sido encontrados efeitos negativos em estudos com animais, recomenda-se evitar seu uso na gravidez e na amamentação.

Interações

São desconhecidas. O racecadotril não estimula nem inibe o sistema citrocomo P-450.

Contra-indicações

Hipersensibilidade ao racecadotrila.

Superdosagem

Em caso de superdose, observar o paciente e instaurar tratamento sintomático de suporte.
Publicidade

Interações de Racecadotrila

Informação não disponível

Alguns medicamentos que contêm Racecadotrila

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play