Tromantadina

 

Terapias de Ação

Antiviral.
Publicidade

Propriedades

É um derivado da amantadina que tem atividade contra o vírus do herpes simples e o do herpes-zóster. Seu mecanismo de ação envolveria a inibição de uma fase precoce e outra tardia da replicação viral. Sua aplicação produz alívio do prurido e da dor associados às erupções herpéticas; reduz também a formação de vesículas, seu desenvolvimento e a superinfecção.

Indicações

Infecções da pele e mucosas pelo vírus do herpes simples, principalmente na fase precoce e nas reinfecções. Eczema herpético. Manifestações dérmicas do herpes-zóster.

Dosagem

Aplicar localmente sobre a superfície afetada 3 vezes ao dia.

Reações Adversas

Dermatite de contato, prurido, formação de vesículas e nódulos que obrigam a suspensão do tratamento.

Precauções e Advertências

Não aplicar sobre lesões vesiculosas, principalmente se estiverem abertas. Como não se realizaram estudos em seres humanos sobre possíveis efeitos teratogênicos ou embriotóxicos, durante a gestação e no período de amamentação somente deverá ser empregado quando o benefício para a mãe superar o risco potencial para o feto.

Interações

Não são conhecidas.

Contra-indicações

Hipersensibilidade ao fármaco. Primeiro trimestre de gravidez. Extensão da região afetada depois do início do tratamento.
Publicidade

Interações de Tromantadina

Informação não disponível

Alguns medicamentos que contêm Tromantadina

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play