BENFLOGIN

4956 | Laboratório ACHÉ

Descrição

Princípio ativo: Benzidamina,
Ação Terapêutica: Analgésicos

Composição

Cada drágea contém: cloridrato de benzidamina 50 mg. Excipientes:dióxido de titânio, talco, estearato de magnésio, lactose, povidona, metilparabeno, macrogol, amido, goma arábica, cera branca, cera de carnaúba e sacarose. Cada ml (20 gotas) contém: cloridrato de benzidamina 30 mg. Excipientes:ácido cítrico, aroma de cereja, metilparabeno, propilparabeno, sorbitol, sucralose, vanilina e água purificada.

Apresentação

Drágeas: caixa com 20 drágeas
Solução oral (Gotas): frasco conta-gotas com 20 ml
USO ORAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Indicações

BENFLOGIN® (cloridrato de benzidamina) é indicado nos processos inflamatórios tumefativos e dolorosos em:
Otorrinolaringologia e pneumologia:faringites, laringites, traqueítes e bronquites inespecíficas;
Odontologia: gengivites, estomatites e alveolites;
Ginecologia:anexites, parametrites;
Traumatologia e ortopedia:luxações, fraturas, contusões, distensões, hematomas, periartrites, tenossinovites e bursites;
Urologia:cistites, prostatites;
Angiologia:flebites, tromboflebites e pós-operatório de safenectomias;
Neurologia:neurites, neuralgias;
Cirurgia geral:no pós-operatório de ginecologia, ortopedia, otorrinolaringologia, urologia e odontologia.

Dosagem

Drágeas:
Adulto:
1 drágea, 3 a 4 vezes ao dia.
Solução oral (Gotas):
Adulto:
40 gotas (60 mg), 3 a 4 vezes ao dia.
Crianças até 12 anos:1 gota (1,5 mg)/kg de peso corporal, 3 a 4 vezes ao dia, diluída em água.
As doses podem variar a critério do médico.

Contra-indicações

Benflogin® (cloridrato de benzidamina) está contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade ao cloridrato de benzidamina ou a qualquer componente da fórmula; nas disfunções hepáticas e renais graves; e durante o primeiro trimestre de gravidez.

Reações Adversas

Durante o tratamento por via oral, as pessoas mais sensíveis à benzidamina podem apresentar, ainda que raramente, ansiedade, insônia, agitação, convulsões e alterações visuais. Podem ocorrer também manifestações gástricas como náusea, ardor epigástrico e sensação de queimação retroesternal.

Precauções

Benflogin® (cloridrato de benzidamina) drágeas e solução oral (gotas) devem ser administrados de preferência durante ou após as refeições, a fim de evitar distúrbios gástricos.
Benflogin® (cloridrato de benzidamina) drágeas contém açúcar na concentração de 50 mg/ drágea. Atenção diabéticos: contém açúcar.

Interação com outros medicamentos

O uso concomitante de cloridrato de benzidamina com álcool pode causar desconforto gástrico, além de outras reações adversas indesejáveis. A ingestão concomitante com ácido acetilsalicílico ou outros fármacos que provoquem irritação gástrica deve ser evitada.

Superdose

Em caso de superdosagem, podem ocorrer reações adversas, tais como: alterações visuais e alucinações.
O tratamento deve ser feito através da indução da emese e por lavagem gástrica.

Informação técnica

CARACTERÍSTICAS
Farmacodinâmica:
o cloridrato de benzidamina é um antiinflamatório não-esteroidal, derivado do imidazol, indicado para uso sistêmico ou tópico. Por não ser esteróide, não apresenta os efeitos adversos característicos destes compostos.
O cloridrato de benzidamina pertence aos antiinflamatórios primários, pois inibe os processos inflamatórios mais com os mecanismos locais do que com os sistêmicos. Acumula-se, preferencialmente, nos tecidos inflamados e seus efeitos se manifestam somente em órgãos patologicamente alterados. O cloridrato de benzidamina possui eficácia analgésica e anestésica local.
Farmacocinética: o cloridrato de benzidamina é bem absorvido no trato gastrintestinal e sua concentração plasmática atinge o pico em 2 horas. A meia-vida de eliminação é de aproximadamente 13 horas. Após 24 horas da administração oral, 39% do cloridrato de benzidamina é excretado por via renal, tanto sob a forma inalterada quanto metabolizada.

Farmacocinética

CARACTERÍSTICAS
Farmacodinâmica:
o cloridrato de benzidamina é um antiinflamatório não-esteroidal, derivado do imidazol, indicado para uso sistêmico ou tópico. Por não ser esteróide, não apresenta os efeitos adversos característicos destes compostos.
O cloridrato de benzidamina pertence aos antiinflamatórios primários, pois inibe os processos inflamatórios mais com os mecanismos locais do que com os sistêmicos. Acumula-se, preferencialmente, nos tecidos inflamados e seus efeitos se manifestam somente em órgãos patologicamente alterados. O cloridrato de benzidamina possui eficácia analgésica e anestésica local.
Farmacocinética: o cloridrato de benzidamina é bem absorvido no trato gastrintestinal e sua concentração plasmática atinge o pico em 2 horas. A meia-vida de eliminação é de aproximadamente 13 horas. Após 24 horas da administração oral, 39% do cloridrato de benzidamina é excretado por via renal, tanto sob a forma inalterada quanto metabolizada.

Dizeres legais

MS - 1.0573.0340
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Publicidade

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play