Cefaclor

 

Terapias de Ação

Antibiótico.
Publicidade

Propriedades

O cefaclor é uma cefalosporina de segunda geração. Desenvolve sua ação preferencialmente sobre germes Gram-positivos e, com muito menos frequência, sobre Gram-negativos. A Neisseria gonorrhoeae é especialmente sensível à esta cefalosporina.

Indicações

Infecções no trato respiratório e geniturinário. Infecção da pele e tecidos moles.

Dosagem

Dose usual para adultos: oral, de 250 a 500 mg a cada 8 horas. Prescrição usual limite para adultos: até 4 g ao dia. Doses pediátricas usuais lactentes menores que 1 mês: não se recomenda seu uso. Lactentes de 1 mês ou mais: oral, de 6,7 a 13,4 mg/kg de peso corporal a cada 8 horas.

Reações Adversas

Distúrbios gastrintestinais, náuseas, vômitos e diarreia. Reações dermatológicas por hipersensibilidade. Infecções oportunistas por microrganismos não-suscetíveis (cândida, pseudomonas).

Precauções e Advertências

Hipersensibilidade às penicilinas. Em insuficiência renal grave, reduzir as doses; especialmente se utilizado em doses elevadas ou junto com agentes nefrotóxicos.

Interações

A probenecida potencializa sua ação ao diminuir sua secreção tubular. Sua ação pode ser inibida pela administração simultânea de agentes bacteriostáticos (tetraciclinas, cloranfenicol, sulfamidas). Os antibióticos aminoglicosídeos, a furosemida e ácido etacrínico aumentam sua nefrotoxicidade.

Contra-indicações

Hipersensibilidade às cefalosporinas. Crianças menores de 1 mês.
Publicidade

Interações de Cefaclor

Informação não disponível

iVademecum © 2016 - 2022.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play