Ebastina

 

Terapias de Ação

Anti-histamínico.
Publicidade

Propriedades

A ebastina é um anti-histamínico derivado da piperidina com pequena atividade sedativa e antimuscarínica. Seu mecanismo de ação consiste no bloqueio específico dos receptores H1 da histamina, presentes nas células efetuadoras. Antagoniza os efeitos da histamina de vasodilatação, de aumento da permeabilidade vascular e de favorecimento da secreção do muco. Pode ser administrada por via oral. É extensamente metabolizada e seu metabólito mais importante é a carebastina, cuja atividade anti-histamínica é a principal responsável pelos efeitos farmacológicos, já que o pico plasmático da carebastina coincide com a resposta farmacológica máxima. Este metabólito possui meia-vida de 10,6 horas.

Indicações

Alívio sintomático das reações de hipersensibilidade, incluindo rinite e prurido.

Dosagem

Via oral. Crianças de 6 a 12 anos: 5 mg/dia. Crianças maiores de 12 anos e adultos: 10 mg/dia.

Reações Adversas

Cefaleias, rash cutâneo, aumento de peso.

Precauções e Advertências

Suspender a administração 48 a 72 horas antes de realizar estudos de alergia cutânea. Não administrar a mulheres grávidas a menos que o benefício para a mãe justifique o risco potencial para o feto. Suspender a amamentação se a mãe que amamenta precisa ser tratada com este fármaco.

Contra-indicações

Hipersensibilidade à ebastina.
Publicidade

Interações de Ebastina

Informação não disponível

iVademecum © 2016 - 2022.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play