Isoxsuprina

 

Terapias de Ação

Uteroinibidor.
Publicidade

Propriedades

A isoxsuprina é um simpaticomimético do grupo das fenolaminas, agonista de receptores b2-adrenérgicos. Possui, portanto, de forma fundamental, ações relaxantes uterinas com escassos efeitos broncodilatadores e vasodilatadores. As fenolaminas, por não serem derivadas do catecol, são estáveis, não são destruídas no fígado, absorvem-se bem por via oral e perfeitamente por via parenteral. Não são atacadas pela enzima MAO (monoaminoxidase).

Indicações

Ameaça de aborto. Parto pré-termo. Tetania uterina.

Dosagem

Comprimidos: 10 a 20 mg, 3 ou 4 vezes ao dia; ampolas IM: 10 mg, 3 ou 4 vezes ao dia; IV (infusão) em solução com dextrose a 5% à razão de 0,3 mg/minuto.

Reações Adversas

Hipotensão e taquicardia que diminuem ao se reduzir a dose. Náuseas e vômitos.

Precauções e Advertências

Uso cuidadoso em hipertireoidismo e diabetes.

Contra-indicações

Angina pectoris grave. Insuficiência cardíaca congestiva. Arritmias. Hipotensão. Hemorragia recente.
Publicidade

Interações de Isoxsuprina

Informação não disponível

Alguns medicamentos que contêm Isoxsuprina

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play