Tocoferol

 

Terapias de Ação

Vitamina E. Suplemento nutricional. Antioxidante biológico.
Publicidade

Propriedades

É uma vitamina lipossolúvel essencial na nutrição, mesmo que sua função exata seja desconhecida. O tocoferol inibiria a formação dos radicais livres (subproduto das reações de oxidação da mitocôndria) e seu efeito nocivo sobre os lipídeos da membrana celular e sobre outros componentes celulares, incluindo o DNA e as proteínas estruturais e enzimáticas. Protege os eritrócitos de sofrerem hemodiálise. Também pode agir como cofator em alguns sistemas enzimáticos. É absorvido no trato gastrintestinal (20% a 80%). Une-se a betalipoproteínas no sangue e seu armazenamento ocorre em todos os tecidos, especialmente no adiposo. Seu metabolismo é hepático e é eliminado pelas vias biliar e renal. Tem-se observado que a administração de tocoferol em indivíduos fumantes provoca melhora e respostas benéficas ao inibir os fenômenos de peroxidação eritrocitários, dos quais resulta um retardo no envelhecimento mitocondrial com uma melhora na produção de ATP dependente do oxigênio. O efeito antioxidante previne a formação e ação dos carcinógenos químicos.

Indicações

Prevenção e tratamento de estados carenciais de vitamina E. Prevenção do envelhecimento celular.

Dosagem

Adultos: prevenção da deficiência: oral, 30UI/dia. Deficiência: 60U a 75U/dia. Doses pediátricas: 1U/kg/dia. Como antioxidante: segundo o critério do médico e o quadro clínico, em geral, aceita-se uma dose média de 400 a 2.000 mg/dia.

Reações Adversas

Com doses maiores do que 400U a 800U/dia durante períodos prolongados: visão turva, diarreia, tonturas, cefaleias, náuseas, cansaço ou debilidade graves. As doses mais elevadas (mais de 800U/dia) têm sido associadas com maior incidência de hemorragia em pacientes com deficiência de vitamina K.

Precauções e Advertências

Não utilizar as vitaminas como substitutos de uma dieta equilibrada nem ingerir doses maiores do que as recomendadas.

Interações

Os antiácidos (hidróxido de alumínio) podem precipitar os ácidos biliares no intestino delgado e assim diminuir a absorção de vitaminas lipossolúveis. Não utilizar anticoagulantes com grandes doses de tocoferol, pela possibilidade de ocorrer hipoprotrombinemia. A colestiramina e o óleo mineral podem interferir na absorção da vitamina E. O tocoferol pode facilitar a absorção, armazenamento e utilização da vitamina A.

Contra-indicações

A relação risco-benefício deverá ser avaliada na presença de hipoprotrombinemia por deficiência de vitamina K. Anemia por deficiência de ferro.
Publicidade

Interações de Tocoferol

Informação não disponível

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play