GALENOGAL

2186 | Laboratório HERTZ

Descrição

Ação Terapêutica: Analgésicos

Composição

Cada 15 mL (equivalente a 1 colher de sopa) contém: Extrato seco 5 a 6% de Salix alba. 600,00 mg (padronizado em 30 (5%) a 36 mg (6%) de salicina). Veículo q.s.p. 15 mL. Veículo: metilparabeno, propilparabeno, corante caramelo, álcool etílico (8%), propilenoglicol, sacarose e água deionizada.

Apresentação

Solução oral 600 mg/15 mL: cartucho contendo frasco de vidro com 150 mL.
USO ORAL
USO ADULTO

Indicações

Galenogal Elixir® é um medicamento fitoterápico que contém como princípio ativo o extrato seco de Salix alba Linné pertencente à família Salicaceae que é indicado como antitérmico, anti-inflamatório e analgésico.

Dosagem

USO ORAL
Ingerir 15 mL (1 colher de sopa), três vezes ao dia.
Limite máximo diário: 45 mL (3 colheres de sopa), correspondente a 90 a 108 mg de salicina.

Contra-indicações

Galenogal Elixir® é contraindicado nos casos de úlceras do estômago ou do intestino, tendências a sangramentos (problemas de coagulação sanguínea), gota, crise de asma induzida por salicilatos e derivados. Não deve ser ingerido em caso de alergia ao salgueiro, salicilatos e derivados (como o ácido acetilsalicílico), ou a qualquer outro componente da fórmula do produto.
Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes grávidas no último trimestre da gravidez, no pós-operatório, pacientes portadores de diabetes melito e em caso de suspeita de dengue.
Crianças ou adolescentes não devem usar este medicamento se estiverem com catapora ou sintomas gripais antes que um médico seja consultado sobre a Síndrome de Reye, uma doença rara, mas grave, associada ao uso de derivados de salicilatos. Em caso de doença febril, o aparecimento de vômito prolongado pode ser sinal de Síndrome de Reye, uma doença que pode ser fatal, exigindo assistência médica imediata.
Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Este medicamento é contraindicado para uso por portadores de Diabetes melito.
Este medicamento é contraindicado em caso de suspeita de dengue.

Reações Adversas

Galenogal Elixir® pode provocar os seguintes efeitos indesejáveis:
Reações comuns (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor de estômago e sangramento gastrintestinal leve (micro-hemorragias).
Reações incomuns (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): náuseas, vômitos e diarréia. Reações raras (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): podem ocorrer sangramentos e úlceras do estômago. Em pessoas hipersensíveis aos salicilatos, podem ocorrer reações alérgicas como rinite, asma, broncoespasmos e urticárias.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Precauções

Deve ser observado quando usado em pacientes com úlceras pépticas e outras condições médicas em que o ácido acetilsalicílico está contraindicado, como hipersensibilidade e disfunções renais graves.
Uso em idosos: a sensibilidade de pacientes idosos pode estar alterada. Recomenda-se o uso sob prescrição médica.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Este medicamento contém ÁLCOOL
no teor de 8,0%.
ATENÇÃO DIABÉTICOS:
contém açúcar e álcool.

Resultados de eficácia

Um estudo realizado por 4 semanas com 210 pacientes com dores lombares crônicas, receberam 120 mg de salicilina por dia ou placebo 2 vezes ao dia. Na última semana do tratamento, 21% dos pacientes estavam sem dor. (Setty, A.R; Sigal, L.H.. Herbal medications commonly used in the practice of rheumatology: Mechanisms of action, efficacy, and side effects. Seminars in Arthritis and Rheumatism. Pág. 773-783 (2005)).

Interação com outros medicamentos

Salicilatos podem interferir em tratamentos com anticoagulantes (por exemplo: cumarina e heparina) e estrogênios. Outras drogas que podem interferir com estes produtos são: metotrexato, metoclopramida, fenitoína, probenecida e valproato. Seus efeitos deletérios sobre a mucosa gástrica são incrementados com o uso simultâneo de barbitúricos (por exemplo: fenobarbital e pentobarbital) e outros sedantes.

Cuidado de armazenamento

Conservar o produto em sua embalagem original, em temperatura ambiente (15-30°C). Proteger da luz e umidade. Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.
Características físicas e organolépticas do produto: líquido límpido a levemente turvo, cor caramelo, com odor característico do extrato.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Superdose

Em caso de superdose acidental, consultar o médico imediatamente. Uma dose elevada de preparações contendo Salix alba causa os seguintes sintomas: vômito, dor estomacal, espasmos e irritação gástrica. Como não existe tratamento específico, recomenda-se proceder como para derivados salicilados, como por exemplo: lavagem gástrica, administração de carvão ativado e controle do equilíbrio ácido-base.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Dizeres legais

Reg. M.S.: 1.0689.0158
Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica
Fonte: Bulário Eletrônico da Anvisa, 09/11/2011.

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play