THERASONA

2238 | Laboratório THERASKIN

Descrição

Princípio ativo: Hidrocortisona,
Ação Terapêutica: Antialérgicos e corticoides tópicos

Composição

Cada grama de Therasona® creme contém: acetato de hidrocortisona 11,2mg (Equivalente a 10 mg de hidrocortisona). Excipiente q.s.p. 1g.

Apresentação

Creme: embalagem contendo bisnaga com 25 g.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO
USO EXTERNO

Indicações

Therasona® é indicada para melhora dos sintomas da inflamação e/ou prurido associados às doenças agudas ou crônicas, que respondem aos corticosteróides. Ela pode ser usada em área de pele fina, como a face, área dos olhos e intertriginosas e em terapias prolongadas ou fases de manutenção. Curativos oclusivos podem ser necessários nas patologias mais severas e rebeldes. A hidrocortisona é o corticosteróide de eleição em pediatria, devido à menor incidência de efeitos colaterais. Afecções dermatológicas que melhor respondem à terapia com Therasona®: dermatite atópica leve e moderada, dermatite de contato, eczema numular discreto, dermatite seborréica (inclusive facial), intertrigo, líquen simples e líquen plano, lupus eritematoso discóide, prurido anogenital, disidrose, otite externa (alérgica), psoríase de face e invertida, xerose, pitiríase rósea, eritema solar, picada de inseto e várias dermatoses inflamatórias com sintomas leves e moderados.
OBSERVAÇÃO - Creme deve ser aplicado preferivelmente sobre lesões úmidas.

Dosagem

Uso adulto: Aplicar fina camada de Therasona® até duas vezes ao dia, com ligeira fricção. Após melhora do quadro clínico reduzir a frequência das aplicações.
Uso pediátrico: Em crianças até dois anos - as doses não foram estabelecidas. Em crianças maiores, aplicar fina camada de Therasona® uma a duas vezes ao dia.

Contra-indicações

Therasona® é contraindicado em pacientes com histórico de hipersensibilidade à hidrocortisona e para o tratamento de acne.
Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

Reações Adversas

Nas doses recomendadas, Therasona® é bem tolerada.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
Reações pouco frequentes: - Sistêmica: supressão do eixo HPA (vide precauções)
Locais: dermatite de contato, foliculite, furunculose, pústulas e vesículas (mais comum em terapia oclusiva), hiperestesia, púrpura cutânea, atrofia cutânea, telangiectasia.
Reações raras: (devido ao uso prolongado ou outros fatores que aumentam a absorção cutânea): erupção acneiforme, catarata, síndrome de Cushing, dermatite perioral, equimose, úlcera gástrica, glaucoma, hirsutismo, hipertensão, hipocalemia, hipo e hiperpigmentação, miliária severa, fraqueza muscular, laceração e maceração cutânea, estria, atrofia subcutânea, alopécia.

Precauções

Absorção percutânea dos corticosteróides tópicos de potência baixa (áreas extensas, terapias prolongadas, curativos oclusivos) pode produzir efeitos sistêmicos adversos como supressão reversível do eixo hipotálamo - pituitário - adrenal com manifestações de síndrome de Cushing, hiperglicemia e glicosúria. A supressão do eixo HPA é normalmente revertida após suspensão do tratamento. Dermatoses infectadas por fungos e/ou bactérias exigem medidas específicas adicionais. Se houver irritação local, suspender imediatamente a medicação.
Siga as orientações do seu médico, respeitando sempre os horários, as dores e a duração do tratamento.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Gravidez / Amamentação: Não há estudos completos e adequados que avaliem os corticosteróides tópicos na teratogenicidade humana. Estes compostos podem ser usados em mulheres grávidas se o benefício à mulher justificar o risco potencial ao feto.
Não foi determinado se o uso tópico de corticosteróides resulta em absorção sistêmica suficiente para produzir quantidades detectáveis no leite materno.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término.
Informar ao seu médico se está amamentando.
Pediatria: Crianças são mais susceptíveis à supressão do eixo HPA e síndrome de Cushing do que adultos. Manifestações da supressão adrenal incluem retardo de crescimento, ganho de peso, baixos níveis de cortisol plasmático, ausência de resposta à estímulo com ACTH. Portanto o uso de corticosteróides tópicos em crianças deve se limitar à menor dose compatível com resposta terapêutica, assim como a um tratamento mais curto.
Geriatria: Pacientes idosos são mais propensos a desenvolver púrpuras e lacerações cutâneas ou subcutâneas. A terapia tópica nesses pacientes deve ser curta.
Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para saúde.

Interação com outros medicamentos

Não são conhecidas.

Superdose

A superdosagem com corticosteróides tópicos de potência baixa raramente é um problema clínico (vide precauções e reações adversas).

Informação técnica

Therasona® é um corticosteróide de baixa potência. É usado topicamente e possui propriedades anti-inflamatória, antipruriginosa e vasoconstritora. O mecanismo de ação anti-inflamatória dos corticosteróides não está totalmente elucidado. Acredita-se que aumente a síntese das proteínas lipocortinas inibidoras da fosfolipase A2, que são responsáveis pela liberação do ácido aracdônico das membranas celulares. Esse ácido é precursor de potentes mediadores da inflamação, como os leucotrienos e prostaglandinas.
FARMACOCINÉTICA
Os corticosteróides tópicos são absorvidos pela pele normal e íntegra. Seu grau de absorção percutânea é determinado por fatores tais como: o veículo, a integridade da barreira epidérmica e o uso de curativos oclusivos. A inflamação e/ou outros processos que alterem a integridade cutânea, aumentam a absorção. A hidrocortisona tópica apresenta farmacocinética semelhante à sistêmica, ligando-se às proteínas plasmáticas, sendo primariamente metabolizada no fígado e excretada pelos rins e bile.

Farmacocinética

Therasona® é um corticosteróide de baixa potência. É usado topicamente e possui propriedades anti-inflamatória, antipruriginosa e vasoconstritora. O mecanismo de ação anti-inflamatória dos corticosteróides não está totalmente elucidado. Acredita-se que aumente a síntese das proteínas lipocortinas inibidoras da fosfolipase A2, que são responsáveis pela liberação do ácido aracdônico das membranas celulares. Esse ácido é precursor de potentes mediadores da inflamação, como os leucotrienos e prostaglandinas.
FARMACOCINÉTICA
Os corticosteróides tópicos são absorvidos pela pele normal e íntegra. Seu grau de absorção percutânea é determinado por fatores tais como: o veículo, a integridade da barreira epidérmica e o uso de curativos oclusivos. A inflamação e/ou outros processos que alterem a integridade cutânea, aumentam a absorção. A hidrocortisona tópica apresenta farmacocinética semelhante à sistêmica, ligando-se às proteínas plasmáticas, sendo primariamente metabolizada no fígado e excretada pelos rins e bile.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
MS 1.0191.0239.003-3

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play