ZYMAR XD

1620 | Laboratório ALLERGAN

Descrição

Princípio ativo: Gatifloxacino,
Ação Terapêutica: Antibióticos e antissépticos oftálmicos

Composição

Cada ml (24 gotas) contém: 5mg de gatifloxacino (0,21 mg/gota). Veículo: cloreto de benzalcônio, edetato dissódico, cloreto de sódio e água purificada. Pode conter ácido clorídrico e/ou hidróxido de sódio para ajuste do pH.

Apresentação

Solução Oftálmica Estéril
Frasco plástico conta-gotas contendo 3ml ou 5 ml de solução oftálmica estéril de gatifloxacino (5 mg/ml).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO TÓPICA OCULAR
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 1 ANO DE IDADE

Indicações

ZYMAR® XD é indicado para o tratamento de conjuntivite bacteriana causada por cepas sensíveis dos seguintes microorganismos:
Bactérias Gram-positivas aeróbias:
Staphylococcus aureus,
Staphylococcus epidermidis,
Grupo Streptococcus mitis*
Streptococcus oralis*
Streptococcus pneumoniae
Bactérias Gram-negativas aeróbias:
Haemophilus influenzae
(*) A eficácia para estes microorganismos foi estudada em menos de 10 infecções.

Dosagem

A solução já vem pronta para uso. Este medicamento é de uso tópico ocular. Os pacientes devem ser orientados a não encostar a ponta do frasco nos olhos, nos dedos e nem em qualquer outra superfície, para evitar a contaminação do frasco e do colírio.
A posologia é a mesma para pacientes adultos e pacientes pediátricos com idade ? 1 ano.
Posologia recomendada:
1° dia de tratamento: Instilar 1 gota no(s) olho(s) afetado(s) a cada 2 horas durante o período de vigília, até 8 vezes ao dia.
2° ao 7° dia de tratamento: Instilar 1 gota no(s) olho(s) afetado(s) 2 a 4 vezes ao dia durante o período de vigília.
De acordo com a severidade e evolução clínica a duração do tratamento poderá ser aumentada a critério médico.
• Feche bem o frasco depois de usar.

Contra-indicações

Este medicamento é contra-indicado para pessoas que apresentam alergia ao gatifloxacino, a outros anti-infecciosos da categoria do gatifloxacino ou a qualquer um dos demais componentes da sua fórmula.
Este medicamento é contra-indicado para menores de 1 ano de idade.

Reações Adversas

Considerando que os estudos clínicos são realizados em condições variáveis, os índices de reações adversas observadas nas condições de estudos clínicos com um medicamento não podem ser comparados diretamente aos índices dos estudos clínicos de outro medicamento e podem não refletir os índices observados na prática. Nos estudos clínicos realizados com ZYMAR® XD, as reações adversas observadas mais frequentemente na população estudada que recebeu gatifloxacino (n=717) foram:
Reações comuns ( >1/100 e < 1/10): piora da conjuntivite, irritação ocular, disgeusia e dor ocular.
Eventos adversos reportados com a formulação oftálmica de gatifloxacino - ZYMAR® (gatifloxacino em solução oftálmica a 0,3%) foram quemose, hemorragia conjuntival, secura ocular, irritação conjuntival, secreção ocular, dor ocular, edema palpebral, cefaleia, lacrimejamento aumentado, ceratite, conjuntivite papilar, vermelhidão nos olhos e acuidade visual reduzida.
"Atenção: este produto é um medicamento que possui nova concentração no país e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imrevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, notifique os eventos adversos pelo Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal."

Precauções

ZYMAR® XD é de uso tópico ocular. NÃO USAR POR VIA INJETÁVEL OCULAR. ZYMAR® XD não deve ser injetado por via subconjuntival, nem deve ser introduzido diretamente na câmara anterior do olho.
Potencial para reações de hipersensibilidade
Em pacientes recebendo quinolonas sistêmicas, incluindo o gatifloxacino, foram relatadas graves reações de hipersensibilidade, ocasionalmente fatais (anafiláticas), sendo que algumas ocorreram após a primeira dose. Algumas reações foram acompanhadas por colapso cardiovascular, perda de consciência, angioedema (incluindo edema de laringe, faringe ou facial), obstrução das vias aéreas, dispnéia, urticária e prurido. Se ocorrer alguma reação alérgica ao gatifloxacino, o tratamento deve ser descontinuado. As reações graves de hipersensibilidade podem requerer tratamento de urgência. A administração de oxigênio e medidas para manutenção das vias aéreas livres devem ser adotadas conforme indicação clínica.
Os pacientes devem ser informados que ocorreram reações de hipersensibilidade mesmo após uma única dose, e que devem interromper o tratamento imediatamente e contatar o seu médico ao primeiro sinal de erupção cutânea ou de reações alérgicas.
Superinfecção com microorganismos não sensíveis decorrente de uso prolongado
Assim como para outros antiinfecciosos, o uso prolongado pode resultar em superinfecção por microorganismos não sensíveis, incluindo fungos. Se ocorrer superinfecção o uso deve ser descontinuado e deve ser instituído tratamento alternativo. Sempre que o julgamento clínico indicar, o paciente deve ser submetido a exame com dispositivos de ampliação de imagem, tais como lâmpada de fenda, biomicroscopia e, se apropriada, coloração com fluoresceína.
Gravidez e Lactação
Gestação Categoria C (FDA - USA).
Efeitos teratogênicos: Em estudos realizados em ratos ou coelhos após administração oral de gatifloxacino em doses de até 50 mg/kg/dia (aproximadamente 1.000 vezes maior do que a máxima dose recomendada para uso oftálmico) não foram observados efeitos teratogênicos. Entretanto, foram observadas malformações esqueléticas/craniofaciais ou atraso na ossificação, aumento atrial e redução do peso fetal em fetos de ratas que receberam ? 150 mg/kg/dia (aproximadamente 3.000 vezes maior do que a máxima dose recomendada para uso oftálmico). Em um estudo perinatal/pós-natal foram observados aumento tardio da perda pós-implantação e aumento da mortalidade neonatal/perinatal, com a dose de 200 mg/kg/dia (aproximadamente 4.000 vezes maior do que a máxima dose recomendada para uso oftálmico).
Considerando que não foram realizados estudos controlados em mulheres durante a gestação, ZYMAR® XD deve ser utilizado durante a gravidez apenas se os potenciais benefícios para a mãe justificarem os potenciais riscos para o feto.
Este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez sem orientação médica ou do cirurgião dentista.
O gatifloxacino é excretado pelo leite em ratos. Não se sabe se esta substância é excretada pelo leite humano. Considerando que muitas substâncias são excretadas pelo leite em humanos, recomenda-se cautela ao administrar ZYMAR® XD a mulheres durante a lactação.
Pacientes pediátricos
Não foram estabelecidas a segurança e a eficácia de ZYMAR® XD em crianças com idade inferior a 12 meses. Foi demonstrado em estudos clínicos que ZYMAR® XD é seguro e eficaz para o tratamento de conjuntivite bacteriana em pacientes pediátricos com idade igual ou maior que um ano.
Pacientes idosos
Não foram observadas diferenças na segurança e eficácia entre pacientes idosos e pacientes adultos mais jovens.
Pacientes que utilizam lentes de contato
Os pacientes devem ser advertidos a não utilizar lentes de contato se apresentarem sinais e sintomas de conjuntivite bacteriana.

Resultados de eficácia

Em dois estudos clínicos com protocolos idênticos, multicêntricos, randomizados, duplo-cegos, nos quais pacientes com idade entre 1 e 89 anos receberam tratamento durante 5 dias, ZYMAR® XD (gatifloxacino 0,5% em solução oftálmica) foi estatisticamente e clinicamente superior ao seu veículo no 6° dia, em pacientes com conjuntivite e culturas conjuntivais positivas. Nos resultados clínicos de ambos os estudos foi demonstrado que os índices de sucesso (onde a soma da intensidade de hiperemia conjuntival e secreção conjuntival foi igual a zero) foram de 58,0% (193/333) para o grupo tratado com gatifloxacino versus 45,5% (148/325) para o grupo tratado com o veículo. Os resultados microbiológicos para os mesmos estudos clínicos demonstraram uma erradicação estatisticamente superior dos agentes patogênicos causais de 90,4% (301/333) para o gatifloxacino versus 70,2% (228/325) para o veículo. Deve-se notar que a erradicação microbiológica nem sempre está relacionada ao resultado clínico em estudos com medicamentos antiinfecciosos.
1. Heller WH. et al. A 6 day, Phase 3, multicenter, randomized, double-masked, parallel study to compare the safety and efficacy of gatifloxacin 0,5% ophthalmic solution BID with that of vehicle in the treatment of acute bacterial conjunctivitis. Study Number 198782-004. Dated June, 2008. Data on file Allergan Inc.
2. Cruz MG. et al. A 6 day, Phase 3, multicenter, randomized, double-masked, parallel study to compare the safety and efficacy of gatifloxacin 0,5% ophthalmic solution BID with that of vehicle in the treatment of acute bacterial conjunctivitis. Study Number 198782-004. Dated January, 2009. Data on file Allergan Inc.

Interação com outros medicamentos

Não foram realizados estudos específicos com ZYMAR® XD. Entretanto, a administração sistêmica de algumas quinolonas produziu aumento das concentrações plasmáticas de teofilina, interferiu com o metabolismo da cafeína e aumentou os efeitos do anticoagulante oral varfarina e seus derivados, e foi associada com aumentos transitórios da creatinina sérica em pacientes tratados concomitantemente com ciclosporina sistêmica.

Cuidado de armazenamento

ZYMAR® XD deve ser armazenado em temperatura ambiente (entre 15 °C e 30 °C).
O prazo de validade é de 24 meses.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido.Guarde-o em sua embalagem original.
Após aberto, válido por 60 dias.
ZYMAR® XD é uma solução oftálmica aquosa límpida, de coloração amarela pálida.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças

Superdose

É pouco provável a ocorrência de superdose de ZYMAR® XD já que um frasco de 2,5 ml ou de 5,0ml de ZYMAR® XD contém uma quantidade de gatifloxacino significativamente menor que a dose diária indicada para o gatifloxacino administrado por via sistêmica. Os sinais e sintomas clínicos aparentes de uma superdose de gatifloxacino podem ser similares aos efeitos adversos observados em alguns pacientes. Em caso de instilação de doses excessivas, pode ocorrer irritação ocular e as demais reações adversas descritas anteriormente. Em caso de excesso de produto instilado no olho o paciente deve ser orientado a lavar o olho com água morna ou soro fisiológico. Se, acidentalmente, for ingerido, o paciente deve ser orientado a beber bastante líquido para diluir, ou procurar orientação médica.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Dizeres legais

Reg. ANVISA/MS - 1.0147.0159
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play