Beclometasona

 

Terapias de Ação

Corticosteroide. Antiasmático.
Publicidade

Propriedades

Usada na forma de dipropionato, não se conhecem com exatidão os mecanismos antiasmáticos sobre os brônquios e bronquíolos, porém, podem estar relacionados com alguma das ações imunossupressoras e anti-inflamatórias dos glicocorticoides sistêmicos. Estes evitam ou suprimem as reações imunes mediadas pelas células (hipersensibilidade retardada) e reduzem a importância da resposta imune primária. Também reduzem ou evitam a resposta dos tecidos ante os processos inflamatórios, possivelmente inibindo a acumulação de células inflamatórias, incluindo macrófagos e leucócitos, nos locais de inflamação. Quando se absorvem em quantidades suficientes, os corticoides, por inalação, podem produzir supressão do eixo hipotálamo-hipofisário suprarrenal ou outros efeitos dos glicocorticoides sistêmicos. É absorvida rapidamente através dos tecidos respiratório e gastrintestinal, todavia, os efeitos sistêmicos não podem ser produzidos com doses habituais, devido ao seu rápido metabolismo. Sua união às proteínas é alta (65 a 90%). É metabolizada no fígado e, embora possa haver alguma melhora em uma semana, para conseguir uma melhora apreciável podem ser necessárias de 1 a 4 semanas. Sua principal via de eliminação é a fecal e 12% a 15% da dose pode ser excretada pela urina na forma de metabólitos conjugados e não-conjugados.

Indicações

Asma brônquica crônica.

Dosagem

Dose para adultos: aerossol para inalação: 84 mg ou duas pressões no atomizador, três a quatro vezes ao dia; para asma grave, de 504 a 672 mg ou 12 a 16 pressões do atomizador ao dia; a continuação deve diminuir-se a dose de acordo com a resposta do paciente; dose máxima para adultos: até 840 mg ou 20 pressões no atomizador/dia. Dose pediátrica: para crianças até 6 anos não foi estabelecida a dose; crianças de 6 a 12 anos: 42 a 84 mg, 3 a 4 vezes ao dia; a dose não deve superar 420 mg ou 10 pressões no atomizador ao dia.

Reações Adversas

Candidíase oral, tosse ou sintomas de infecção, secura ou irritação da mucosa nasal, da boca, língua ou garganta, rouquidão ou outras alterações de voz sem sintomas de infecção. De rara incidência: dificuldade para engolir, erupção cutânea, broncospasmo.

Precauções e Advertências

O médico deverá ser consultado no caso de aparecimento de estresse não-habitual, ataque de asma que não responda a broncodilatadores e a qualquer sinal de infecção. Se ao mesmo tempo for utilizado broncodilatador, administrar estes 5 minutos antes do corticoide. A absorção sistêmica de corticoides administrados por inalação pode produzir supressão suprarrenal e atraso no crescimento de pacientes pediátricos.

Contra-indicações

Asma aguda. A relação risco-benefício deverá ser avaliada durante o período de lactação e em infecções ativas produzidas por bactérias, fungos ou vírus na boca, garganta ou pulmões.
Publicidade

Interações de Beclometasona

Informação não disponível
Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play