Buclizina

 

Terapias de Ação

Antiemético.
Publicidade

Propriedades

A buclizina é um anti-histamínico H1 que pertence ao grupo dos derivados da etilenodiamina (prometazina, pirilamina, meclizina, tripelenamina). Seu mecanismo de ação é similar ao dos fármacos que bloqueiam os receptores histaminérgicos H1 periféricos, evitando assim a liberação de histamina dos seus depósitos. Por sua ação sobre a região quimiorreceptiva medular em nível do centro do vômito no SNC desenvolve efeitos antináuseas e antieméticos. Sua ação antiemética foi demonstrada tanto em forma experimental quanto clínica, em vômitos induzidos por fármacos (apomorfina), estimulação labiríntica ou durante a gravidez.

Indicações

Prevenção e tratamento de náuseas e vômitos causados por diversas situações: cinetose (doença do movimento), viagens de barco, avião.

Dosagem

Adultos: 50 a 150 mg/dia divididos em 2 a 3 doses.

Reações Adversas

Sonolência, secura de boca, cefaleia, nervosismo.

Precauções e Advertências

Aconselha-se não dirigir veículos ou operar maquinaria pesada. A segurança e a eficácia do fármaco em crianças não foram estabelecidas.

Contra-indicações

Gravidez, devido ao risco potencial (teratogenia) para o feto. Hipersensibilidade ao fármaco ou a derivados similares.
Publicidade

Interações de Buclizina

Informação não disponível
Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play