DRAMIN

1048 | Laboratório TAKEDA

Descrição

Princípio ativo: Dimenidrinato,
Ação Terapêutica: Anticinetóticos

Composição

Cada comprimido contém 100mg de dimenidrinato. Cada 5ml da solução oral contém 12,5mg de dimenidrinato.

Apresentação

Embalagem com 40 blisteres de 10 comprimidos. Embalagem com 1 frasco de 120ml de Solução Oral.

Indicações

Nas náuseas e vômitos da gravidez. Na profilaxia e tratamento das cinetoses e suas manifestações: enjôos devidos a viagens marítimas, terrestres e aéreas. No controle profilático e na terapêutica das perturbações vestibulares. Nas perturbações observadas pós os tratamentos radioterápicos intensivos. Na prevenção e tratamento das náuseas e vômitos no pré e pós-operatórios. No tratamento das labirintites e nos estados vertiginosos de origem central.

Dosagem

Comprimidos:1 comprimido, em intervalos mínimos de 5 horas, não excedendo 4 comprimidos em 24 horas. Solução Oral: 1,25mg de dimenidrinato/ kg de peso corporal, o que corresponde a 0,5ml da Solução Oral / kg de peso corporal, não excedendo a dose máxima diária, conforme as informações a seguir: Crianças de 2 a 6 anos - 5 a 10ml a cada 6 a 8 horas, não excedendo 30ml em 24 horas; Crianças de 6 a 12 anos - 10 a 20ml a cada 6 a 8 horas, não excedendo 60ml em 24 horas; Crianças acima de 12 anos e adultos - 20 a 40ml a cada 4 a 6 horas, não excedendo 160ml em 24 horas. Em caso de viagem, usar a medicação de maneira preventiva, com pelo menos 1/2 hora de antecedência.
PRODUTO DE USO SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Informações completas para prescrição: vide bula.
Reg. MS: 1.0639.0155 (Comprimidos).
Reg. MS: 1.0639.0151 (Solução Oral).

Contra-indicações

Pela dosagem, os comprimidos não devem ser administrados a crianças menores de 12 anos. A solução oral não deve ser administrada a crianças menores de 2 anos. Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Reações Adversas

Reações adversas e alterações de exames laboratoriais:os efeitos secundários são em geral leves, e incluem sonolência, sedação e até mesmo sono, variando sua incidência e intensidade de paciente a paciente, raramente requerendo a suspensão da medicação. Pode ocorrer também tontura, turvação visual, insônia, nervosismo, secura da boca, da garganta, das vias respiratórias e retenção urinária. Pode tornar-se necessário, às vezes, a redução da posologia.

Interação com outros medicamentos

Potencialização dos depressores do Sistema Nervoso Central. Evitar o uso concomitante com inibidores da monoamino oxidase. Evitar o uso com medicamentos ototóxicos, pois pode mascarar os sintomas de ototoxicidade.

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play