MESNA

2527 | Laboratório EUROFARMA

Descrição

Princípio ativo: Mesna,
Ação Terapêutica: Protetores da toxicidade por quimioterapia

Composição

Cada 1 mL de solução injetável contém: mesna 100 mg, excipientes q.s.p 1 mL. Excipientes:edetato dissódico e água para injetáveis.

Apresentação

Mesna 400 mg- solução injetável. Embalagem contendo 50 ampolas com 4 mL.
USO ADULTO.
Uso intravenoso.

Indicações

Prevenção de toxicidade das oxazafosforinas ao nível das vias urinárias. A administração concomitante de mesna é recomendável na terapia citostática com doses altas de ifosfamida, na terapia com doses maciças (acima de 10 mg/kg) de ciclofosfamida ou trofosfamida, e em pacientes que apresentem riscos. Estes riscos compreendem principalmente: radioterapia prévia na região da pequena pelve, ocorrência de cistite durante uma terapia com oxazafosforinas e portadores de distúrbios no trato urinário.

Dosagem

Posologia
Três injeções intravenosas ao dia, cada uma delas correspondendo a 20% da dose de oxazafosforina (ciclofosfamida, ifosfamida e trofosfamida) empregada no tratamento. A primeira injeção é administrada ao mesmo tempo que a oxazafosforina, a segunda 4 horas mais tarde e a última 8 horas depois da administração da oxazafosforina.
Exemplo:

Administração
Mesna só pode ser administrada por via intravenosa.
Mesna não deve ser administrada na mesma seringa ou infusão utilizada com outra medicação.
- Compatibilidade com fluidos intravenosos:
Mesna deve ser diluída com os fluídos de infusão recomendados. As soluções intravenosas devem ser preparadas no momento da infusão. Contudo, demonstrou-se que mesna é estável por 24 horas a temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C) quando diluído nos seguintes fluidos de infusão intravenosa:
- Glicose 5 %;
- Soroglicofisiológico;
- Soro fisiológico 0,9 %.
A diluição de mesma com Solução de Ringer, demonstrou-se estável por 12 horas a temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C).

Contra-indicações

Este medicamento é contraindicado em casos de hipersensibilidade conhecida a mesna e/ou aos demais componentes da formulação.

Reações Adversas

Mesna raramente ocasiona reações adversas se empregado corretamente. Somente quando se ultrapassa a dose individual de 60 mg/kg de peso corpóreo podem ocorrer náuseas, vômitos e diarréia. Estas reações nem sempre podem ser diferenciadas, com toda segurança, daqueles normalmente causados pelas oxazafosforinas.

Precauções

O efeito protetor de mesna restringe-se somente às vias urinárias. Todas as demais medidas profiláticas ou concomitantes recomendadas para o tratamento com oxazafosforinas não são afetadas, devendo, portanto, ser mantidas.
- Uso durante a gravidez
Mesna não deve ser administrada quando houver gravidez suspeita ou confirmada e durante a lactação, a não ser que, a critério médico, os benefícios do tratamento esperados para a mãe superem os riscos potenciais para a criança, pois não foram realizados estudos em humanos. Entretanto os estudos em ratas e coelhas com doses orais até 100 mg/kg de peso corporal, não demonstraram que mesna possa causar efeitos teratogênicos no feto (gravidez, fda e categoria c).
- Uso durante a lactação
Não há relatos de que mesna é excretada no leite materno, porém, a administração deste medicamento durante a lactação deve ser feita com cautela.
- Efeitos sobre a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas não há evidências de que mesna diminua a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas.

Interação com outros medicamentos

Mesna é incompativel com cisplatina.

Superdose

Em caso de superdosagem devem-se adotar medidas de suporte, uma vez que até o momento, os antídotos não são conhecidos.

Informação técnica

Características
Modo de Ação
Mesna, por ser um composto contendo o grupo SH, protege a mucosa da bexiga urinária ligando-se aos metabólitos reativos das oxazafosforinas (ciclofosfamida, ifosfamida e trofosfamida). Como esta substância uroprotetora é excretada mais rapidamente que as oxazafosforinas e seus metabólitos reativos, a injeção de mesna deve ser repetida após 4 e 8 horas.
Farmacocinética
Distribuição:
mesna possui um volume de distribuição de 0,652 L/kg e um clearanceplasmático de 1,23 L/kg/h.
Biotransformação: mesna por oxidação rápida se transforma no metabólitodimesna.
Meia vida: após administração de 800 mg as meia-vidas de mesna e dimesna no sangue são 0,36 h e 1,17 h, respectivamente.
Excreção: aproximadamente 32% a 33% da dosagem administrada foram eliminadas na urina em 24 horas como mesna e dimesna, respectivamente.

Farmacocinética

Características
Modo de Ação
Mesna, por ser um composto contendo o grupo SH, protege a mucosa da bexiga urinária ligando-se aos metabólitos reativos das oxazafosforinas (ciclofosfamida, ifosfamida e trofosfamida). Como esta substância uroprotetora é excretada mais rapidamente que as oxazafosforinas e seus metabólitos reativos, a injeção de mesna deve ser repetida após 4 e 8 horas.
Farmacocinética
Distribuição:
mesna possui um volume de distribuição de 0,652 L/kg e um clearanceplasmático de 1,23 L/kg/h.
Biotransformação: mesna por oxidação rápida se transforma no metabólitodimesna.
Meia vida: após administração de 800 mg as meia-vidas de mesna e dimesna no sangue são 0,36 h e 1,17 h, respectivamente.
Excreção: aproximadamente 32% a 33% da dosagem administrada foram eliminadas na urina em 24 horas como mesna e dimesna, respectivamente.

Dizeres legais

USO RESTRITO A HOSPITAIS.
Venda sob Prescrição Médica.
MS - 1.0043.0800
Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play