NAC

1271 | Laboratório EMS OTC

Descrição

Princípio ativo: Acetilcisteína,
Ação Terapêutica: Expectorantes

Composição

Acetilcisteína.

Apresentação

Xarope 40mg/ml: frascos com 150ml + dosador (copo-medida). Xarope 20mg/ml: frascos com 100ml e 150ml + dosador (copo-medida). Granulado 200mg e 600mg: caixas com 16 envelopes.
USO ADULTO (xarope 40mg/ml e granulado 200mg e 600mg).
USO PEDIÁTRICO (xarope 20mg/ml). USO ORAL.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Indicações

Nac® está indicado para o tratamento preventivo e curativo de complicações resultantes do resfriado comum e da gripe, tais como rinofaringites, sinusites, otites catarrais, etc; traqueítes, traqueobronquites, bronquites agudas, broncopneumonias, pneumonias e outros processos infecciosos do aparelho respiratório; bronquites crônicas asmáticas ou tabágicas; prevenção das exacerbações destes quadros; prevenção e tratamento do enfisema.

Dosagem

Após abertura do frasco, Nac® xarope tem validade de 14 dias, não devendo ser utilizado além desse prazo. O uso deste medicamento é oral, devendo ser seguida a seguinte posologia: Tratamento das afecções respiratórias: De maneira geral a posologia é de 9 a 15mg/kg/dia, salvo situações específicas. Nas formas agudas o período de tratamento é de 5 a 10 dias. Nas formas crônicas, continuar tratamento a critério médico. As doses descritas a seguir poderão ser aumentadas até o dobro, a critério médico. Crianças: Nac® xarope 20mg/ml idade até 3 meses, dose de 20mg (1ml de xarope) 3 vezes ao dia. Idade 3 a 6 meses, dose de 50mg (2,5ml de xarope) 2 vezes ao dia. Idade 6 a 12 meses dose de 50mg (2,5ml de xarope) 3 vezes ao dia. Idade de 1 a 4 anos dose de 100mg (5ml de xarope) 2 a 3 vezes ao dia ou a critério médico. Idade acima de 4 anos dose de 100mg (5ml de xarope) 3 a 4 vezes ao dia ou a critério médico. Adultos: Nac® xarope e granulado, de maneira geral, 600mg ao dia ou xarope 40mg/ml, 15ml(600mg) 1 vez ao dia, granulado 200mg 1 envelope (200mg) 3 vezes ao dia, granulado 600 mg 1 vez ao dia, de preferência à noite. Intoxicação acidental ou voluntária por paracetamol: Por via oral, dose inicial de 140 mg/kg de peso corporal, a ser ingerida no mínimo dentro de 10 horas após o uso do agente tóxico, seguida por doses individuais de 70 mg/kg de peso a cada 4 horas por 1 a 3 dias. Superdosagem:Não foram observados sinais ou sintomas especiais, mesmo em pacientes tratados com doses altas de acetilcisteína por via oral. Em caso de mobilização intensa de muco e dificuldade de expectoração, recorrer à drenagem postural e à broncoaspiração.

Contra-indicações

Condições de reconhecida hipersensibilidade à acetilcisteína.

Reações Adversas

Foram relatadas as seguintes reações adversas: sonolência, febre e raramente exantemas, prurido e reações anafiláticas. Doses altas podem causar gastralgias, náuseas e vômitos.

Interação com outros medicamentos

Foi comprovado que a acetilcisteína, quando administrada simultaneamente com penicilinas semi-sintéticas, favorece a obtenção de níveis séricos mais rápidos e mais elevados destas. Entretanto, o contrário foi observado com cefalosporinas de 1ª geração.

Dizeres legais

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.
Reg. MS n° 1.3569.0281.

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play