PHITOSS

3883 | Laboratório BRASTERÁPICA

Descrição

Princípio ativo: Hedera helix,
Ação Terapêutica: Expectorantes

Composição

Cada 1mL contém: Extrato seco de folhas de Hedera helix L. 7mg (hederacosídeo C -0,777mg/mL ± 10%). Excipientes: sorbato de potássio, ácido cítrico, solução de sorbitol 70%, goma xantana, aroma de framboesa e água deionizada.

Apresentação

Xarope -7 mg/mL -Embalagem com 100 mL + 1 copo medida
USO ORAL
"USO ADULTO e PEDIÁTRICO".

Indicações

Este medicamento é destinado à terapêutica sintomática de afecções broncopulmonares, com aumento de secreções associadas ou não com broncoespasmos.

Dosagem

AGITE ANTES DE USAR
Uso Oral
Adultos: (22,5mL) divididos em 3 doses de 7,5mL (3/4 do copo medida) ao dia.
Crianças de 4 a 12 anos: (15,0mL) divididos em 3 doses de 5,0mL (1/2 do copo medida) ao dia.
Crianças de 1 a 4 anos: (7,5mL) divididos em 3 doses de 2,5mL (1/4 do copo medida) ao dia.
Crianças de 0 a 1 ano: (5mL) divididos em 2 doses de 2,5mL (1/4 do copo medida) ao dia.
A duração do tratamento depende da gravidade do quadro clínico apresentado, porém o tratamento deve ter período de duração mínima de uma semana, mesmo em casos de processos menos graves do trato respiratório.
Ainda que os estudos não tenham demonstrado alterações nos pacientes idosos, é sempre recomendável um acompanhamento rigoroso do médico a estes pacientes.

Contra-indicações

PHITOSS não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade conhecida ao extrato seco de Hedera helix L. ou aos outros componentes da fórmula.
O uso do medicamento deve ser avaliado pelo médico em casos de condições hereditárias raras que podem ser incompatíveis com a frutose.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Reações Adversas

Não se conhecem efeitos adversos para o produto, que é geralmente bem tolerado. Devido à solução de sorbitol, pode-se registrar um ligeiro efeito laxante.
"Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, notifique os eventos adversos pelo Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária -NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal."

Precauções

Pacientes com intolerância hereditária rara à frutose devem ser avaliados antes da indicação do produto, pois PHITOSS contém em sua formulação solução de sorbitol 70% (1mL do produto contém 500mg de solução de sorbitol 70%), o qual é metabolizado no organismo em frutose.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Resultados de eficácia

Estudos clínicos avaliados mostram que os pacientes (adultos e crianças) que receberam tratamento com o extrato seco de Hedera helix L., tiveram excelentes desfechos clínicos, com evolução favorável nos sintomas da dispnéia e broncobstrução e diminuição na frequência e intensidade da tosse e expectoração. A avaliação das mudanças nos parâmetros dos sintomas como: tosse e expectoração mostram que o extrato seco de Hedera helix L. é um fitoterápico com efeito mucolítico, expectorante, broncodilatador suave com baixo efeito colateral.
Kiertsman, Bernardo; Zuquim, Silvio Luiz. O extrato seco de Hedera helix no tratamento das infecções de vias aéreas na infância. Pediatria Moderna.
Fazio, S, et all. Tolerance, Safety and efficacy of Hedera helix extract in inflammatory bronchial diseases under clinical practice condition: A prospective, open multicentre postmarketing study in 9657 patients. Phytomedicine.

Interação com outros medicamentos

Desconhecem-se interações prejudiciais com outras medicações, portanto PHITOSS pode ser utilizado juntamente com outros medicamentos.

Cuidado de armazenamento

PHITOSS deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e umidade.
Após aberto, o frasco deverá ser conservado nas mesmas condições do frasco fechado.
Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação.
PHITOSS é um líquido xaroposo de coloração caramelo com leve odor e sabor de framboesa podendo apresentar partículas de extrato seco que desaparecem com a agitação.
PHITOSS possui um extrato seco de plantas como ingrediente ativo, portanto poderá ocorrer uma leve turvação ocasional no xarope, e sua coloração poderá variar ocasionalmente, como qualquer preparação feita à partir de produtos vegetais. Essa alteração de cor não afeta a eficácia do produto.
"Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem."
"Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original."
"Antes de usar, observe o aspecto do medicamento."
"Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças"

Superdose

Podem aparecer sintomas de náuseas, vômitos, diarréia que podem ser ocasionadas pela ingestão elevada do produto (mais que 3 vezes a dose diária recomendada).
"Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações."

Dizeres legais

MS. 1.0038.0093
"Venda sob prescrição médica"
Fonte: Bulário Eletrônico da Anvisa, 09/11/2011.

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

Outros medicamentos BRASTERÁPICA

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play