Norfloxacino

 

Terapias de Ação

Antimicrobiano. Quinolona de segunda geração.
Publicidade

Propriedades

O norfloxacino atua intracelularmente mediante inibição da subunidade A da girase do DNA, uma topoisomerase tipo II, fundamental para o enrolamento dependente de ATP do DNA bacteriano, permitindo que seja duplicada e dividida em ambas as células filhas; inibe o relaxamento do DNA superduplicado e favorece a ruptura do DNA da cadeia dupla. Absorve-se rapidamente no trato gastrintestinal em jejum, mas incompletamente (30 a 40%); se for administrada com alimentos, a absorção pode ser diminuída ou retardada. Sua união às proteínas é baixa (10 a 15%). O metabolismo, possivelmente hepático, é escasso, pela formação de um grupo 5-carbonil e a modificação do anel de piperazina; aparecem 6 metabólitos na urina, alguns dos quais podem ser ativos e não são detectados no soro. Antibacteriano de síntese, com ação de amplo espectro contra germes Gram-positivos e Gram-negativos e potente ação bactericida. Após a administração oral de uma dose de 400 mg, concentrações séricas de 1,38 mg/L são alcançadas. A concentração urinária é aproximadamente 100 vezes superior à concentração sérica; os níveis permanecem ativos durante um período superior a 12 horas. Sua eliminação é realizada pelas vias renal e biliar, encontrando-se uma concentração urinária do fármaco equivalente a de 33 a 48% nas primeiras 24 horas. Atua eficazmente diante da E. coli, Klebsiella, Enterobacter, Proteus, Citrobacter, Streptococcus faecalis, Staphylococcus, Pseudomonas aeruginosa. O pH urinário não influi em sua ação bactericida, tampouco foi observada resistência cruzada com outros agentes antibacterianos derivados da quinolona.

Indicações

Infecções do trato urinário inferior (cistite, uretrite, prostatites agudas e crônicas) e superior (pielonefrite), infecções do aparelho genital, uretrite gonocócica não complicada. É importante conhecer a sensibilidade dos agentes patógenos ao fármaco, mesmo que a terapêutica possa ser instaurada, inclusive antes de serem conhecidos os resultados do antibiograma.

Dosagem

Via oral: nas infecções urinárias agudas, a dose usual para o adulto é de 400 mg 2 vezes ao dia, de forma contínua, durante 7 a 10 dias, mesmo que a sintomatologia tenha desaparecido anteriormente. Em cistite aguda não-complicada comprovou-se a efetividade aos 3 dias de tratamento. Nas infecções urinárias complicadas, o tratamento deverá ser prolongado em função da realização das uroculturas. Na gonococia não complicada, a administração de 800 mg em uma única ingestão será suficiente.

Reações Adversas

Geralmente são leves e não-frequentes (4% de incidência). Incluem-se: distúrbios gastrintestinais (anorexia, náuseas), cefaleias, instabilidade e reações cutâneas. Raramente são observadas anomalias nas determinações de laboratório: leucopenia, eosinofilia e elevação de transaminases, fosfatase alcalina, bilirrubina e creatinina.

Precauções e Advertências

Como não foi determinada segurança para crianças, não deverá ser administrada antes da puberdade. Não é aconselhável, em princípio, na etapa de gravidez ou lactação, pois o norfloxacino foi detectado no cordão umbilical e no líquido amniótico, assim como no leite materno. Como acontece com outros derivados quinolônicos, deve ser empregada com precaução em pacientes com antecedentes de convulsões. Em pacientes com insuficiência renal, a dose será adequada em função dos valores de creatinina.

Interações

Como com outros antibacterianos quinolônicos, demonstrou-se antagonismo entre norfloxacino e nitrofurantoína. Os antiácidos podem diminuir a absorção do norfloxacino e a probenecida diminui a secreção tubular renal da droga, originando a diminuição da excreção urinária do norfloxacino, com aumento do risco de toxicidade.

Contra-indicações

Hipersensibilidade conhecida ao fármaco ou a qualquer derivado quinolônico relacionado (ácido nalidíxico, oxolínico e pipemídico). A relação risco-benefício deverá ser avaliada em pacientes com antecedentes de crises convulsivas.
Publicidade

Interações de Norfloxacino

Informação não disponível

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play