OFTPRED

3571 | Laboratório LATINOFARMA

Descrição

Princípio ativo: Prednisolona,
Ação Terapêutica: Corticoides oftálmicos

Composição

Cada mL contém: acetato de prednisolona 10 mg; Veículo estéril q.s.p. 1 mL. Componentes não ativos:ácido bórico, citrato de sódio di-hidratado, edetato dissódico, polissorbato 80, metabissulfito de sódio, cloreto de sódio, hidroxietilcelulose, cloreto de benzalcônio (como conservante) e água purificada.

Apresentação

Colírio:embalagem com 1 frasco plástico conta-gotas contendo 5 mL de suspensão estéril.
USO ADULTO.

Indicações

Nas inflamações da conjuntiva bulbar e palpebral, nas inflamações da córnea e segmento anterior do globo suscetíveis a esteróides.

Dosagem

Agitar o frasco antes de usar. Instilar 1 ou 2 gotas no saco conjuntival, 2 a 4 vezes por dia. Durante as 24 a 48 horas iniciais, a dose pode ser aumentada em 2 gotas a cada hora. Deve ser tomado cuidado a fim de não se descontinuar prematuramente o tratamento.

Contra-indicações

Infecções oculares purulentas agudas, herpes simples superficial aguda (ceratite dendrítica), vacínia, varicela e muitas outras doenças virais da córnea e conjuntiva, tuberculose ocular, doenças fúngicas do olho e sensibilidade a quaisquer dos componentes da formulação.

Reações Adversas

Reação mais frequente: visão turva temporária. Reações ocasionais ou raras: irritação, ardor, vermelhidão ou lacrimejamento oculares, catarata-glaucoma subcapsular posterior, hipertensão ocular, lesão do nervo óptico, defeitos no campo visual (diminuição da acuidade visual), adelgaçamento da córnea, perfuração do globo, infecções oculares secundárias.

Precauções

Precauções:Tem sido reportada a formação de catarata subcapsular posterior após o uso prolongado de corticosteróides oftálmicos tópicos. Os pacientes com história de ceratite por herpes simples devem ser tratados com precaução. Advertências:Nas doenças que causam afinamento de córnea, podem ocorrer perfurações com o uso de esteróides tópicos. Devido à ausência de agente antimicrobiano, se ocorrer uma infecção, devem ser tomadas medidas para combater os organismos envolvidos. Em infecções oculares purulentas, o uso de esteróide tópico pode mascarar ou aumentar a infecção existente. O uso de medicação esteróide em presença de herpes simples requer precaução e deve ser acompanhado de frequentes exames com microscópio com lâmpada de fenda. Como tem sido reportado o aparecimento de infecções fúngicas com o uso prolongado de esteróides tópicos, deve-se suspeitar de invasões fúngicas em qualquer ulceração da córnea, quando o esteróide foi usado ou está em uso. O uso de corticosteróides tópicos pode provocar o aumento da pressão intraocular em certos pacientes, o que pode ocasionar dano ao nervo óptico e falhas no campo visual. É aconselhável a monitorização frequente da pressão intraocular.

Interação com outros medicamentos

O uso concomitante de medicamentos antiglaucoma pode aumentar a pressão intraocular e diminuir a eficácia destes; com anticolinérgicos, especialmente atropina e derivados, aumenta o risco de hipertensão intraocular; com lentes de contato pode aumentar o risco de infecções oportunistas.

Superdose

A superdosagem normalmente não causa problemas agudos. Se acidentalmente for ingerido, beber bastante líquido para diluir.
Uso geriátrico:OFTPRED (acetato de prednisolona) suspensão oftálmica pode ser usado por pessoas acima de 65 anos de idade, desde que observadas as precauções comuns ao produto.

Informação técnica

A prednisolona é um adrenocorticóide não fluorado de ação intermediária. Inibe a formação de colágeno e fibroblastos, retarda a regeneração epitelial, diminui as exsudações celulares, a infiltração tecidual, a neovascularização pós-inflamatória e a permeabilidade vascular de capilares inflamados. Após aplicação tópica no globo ocular, a prednisolona é absorvida pelo humor aquoso, córnea, íris, coróide, corpo ciliar e retina. A absorção sistêmica ocorre, mas a quantidade é desprezível.

Farmacocinética

A prednisolona é um adrenocorticóide não fluorado de ação intermediária. Inibe a formação de colágeno e fibroblastos, retarda a regeneração epitelial, diminui as exsudações celulares, a infiltração tecidual, a neovascularização pós-inflamatória e a permeabilidade vascular de capilares inflamados. Após aplicação tópica no globo ocular, a prednisolona é absorvida pelo humor aquoso, córnea, íris, coróide, corpo ciliar e retina. A absorção sistêmica ocorre, mas a quantidade é desprezível.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
MS n° 1.1725.0033.001-7

Indicado para o tratamento de:

Publicidade

Outros medicamentos LATINOFARMA

iVademecum © 2016 - 2020.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play