VIGADEXA

4539 | Laboratório ALCON

Descrição

Princípio ativo: Dexametasona,Moxifloxacino,
Ação Terapêutica: Antibióticos oftálmicos combinados

Composição

(moxifloxacino 0,5% cloridrato e fosfato de dexametasona 0,1%)

Apresentação

Solução Oftálmica Estéril - Frasco plástico conta-gotas contendo 5 ml.

Indicações

É indicado no tratamento de infecções oculares causadas por microrganismos suscetíveis e na prevenção da inflamação e infecção bacteriana que podem ocorrer após cirurgia ocular.

Dosagem

Na prevenção da infecção e inflamação ocular pós-cirúrgica, instilar 1 gota, 4 vezes por dia, no olho a ser operado, desde 1 dia antes da cirurgia até 15 dias depois da cirurgia. Nos pacientes submetidos à cirurgia de catarata, no dia da cirurgia instilar a medicação imediatamente após a cirurgia ocular. Nos pacientes submetidos à cirurgia refrativa pela técnica LASIK, no dia da cirurgia instilar a medicação no mínimo 15 minutos após a cirurgia ocular. Nas infecções oculares causadas por microrganismos suscetíveis, instilar 1 gota, 4 vezes por dia, por até 7 dias ou conforme critério médico.

Contra-indicações

Ceratite epitelial por herpes simples (ceratite dendrítica), vacínia, varicela e muitas outras doenças virais da córnea e conjuntiva. Infecções oculares por micobactérias. Doenças micóticas oculares. Hipersensibilidade aos componentes da fórmula ou a outros derivados quinolônicos. Glaucoma e/ou doenças com adelgaçamento da córnea e esclera. CUIDADOS: Para evitar contaminação não tocar o conta-gotas. Conservar o produto em temperatura ambiente.

Reações Adversas

As reações adversas que podem ocorrer com uso de corticosteróides são: glaucoma com lesão no nervo óptico, defeitos na acuidade e no campo visual, formação de catarata, infecções oculares secundárias após supressão da resposta do hospedeiro e perfuração do globo ocular. Os eventos adversos oculares relatados com maior freqüência com o uso da solução oftálmica de moxifloxacino 0,5% foram conjuntivite, diminuição da acuidade visual, olho seco, ceratite, desconforto ocular, hiperemia ocular, dor ocular, prurido ocular, hemorragia subconjuntival e lacrimejamento.

Precauções

Exclusivamente para uso externo. Não injetar. PRODUTO DE USO EXCLUSIVO EM ADULTOS. O USO EM CRIANÇAS REPRESENTA RISCO À SAÚDE. VIGADEXA* Solução não deve ser injetado sob a conjuntiva, nem introduzido diretamente na câmara anterior do olho.

Interação com outros medicamentos

Não foram realizados estudos de interação medicamentosa com VIGADEXA* Solução Oftálmica. Estudos in vitroindicam que o moxifloxacino não inibe as isoenzimas CYP3A4, CYP2D6, CYP2C9, CYP2C19 ou CYP1A2, indicando que é improvável que o moxifloxacino altere a farmacocinética das drogas metabolizadas por estas isoenzimas do citocromo P450. Com base em estudos de administração sistêmica, os corticosteróides podem potencializar a atividade dos barbituratos e antidepressivos tricíclicos e diminuir a atividade de anticolinesterásicos, salicilatos e anticoagulantes. A relevância específica destas observações em relação à administração oftálmica não foi estudada.

Dizeres legais

MS - 1.0023.0268.001-4 PRODUTO SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - - VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO (v.00 - dez/07.)
Publicidade

iVademecum © 2016 - 2019.

Politica de Privacidade
Disponible en Google Play